Como vencer
o maior vício
do mundo
Os usuários de drogas perdem o controle sobre
suas vidas e causam sofrimento individual e alheio.

Você pode mudar esta situação.

Clique aqui e conheça nosso livro.


Saúde bucal da pessoa idosa

28/11/2017  |  Por Helio Matos

A saúde bucal sempre deve receber atenção especial em todas as faixas etárias. Entretanto, essa matéria prioriza especificamente a saúde bucal da pessoa idosa. O que se entende neste caso por pessoa idosa? Basicamente é necessário especificar uma faixa etária para que se classifique a idade da pessoa considerada idosa. Portanto, todas as pessoas a partir dos 60 anos devem cuidar mais acentuadamente da saúde bucal.

Como devo cuidar melhor de minha saúde bucal?

1.Vá ao dentista a cada 6 meses, procurar obturar todos os dentes que por ventura estejam cariados ou quebrados.

2.Evitar usar próteses como pontes ou dentaduras que estejam machucando ou mal alocadas na boca.

3.Procurar ingerir diariamente alimentos ricos em vitaminas e nutritivos.

4.Evitar tomar sol entre 10:00hs e 16:00, se não for possível evitar o sol neste período, procurar usar protetor solar no rosto e nos lábios, igualmente, o uso de boné, chapel e etc.

5.evitar totalmente o uso de cigarro e bebida alcoólica.

6.Escovar os dentes após as refeições, assim como a língua também deve receber escovação.

7.Usar fio dental e palito de dente.

Escovação dos dentes dos idosos

Escovação dos dentes dos idosos

A pessoa que não tem dentes o que deve fazer?

Quanto as pessoas que não tem mais os dentes, sempre depois das refeições, devem limpar a boca, preferencialmente com uma gaze embebida em água, tanto as mucosas internas como as gengivas e o céu da boca precisam receber o mesmo procedimento. No caso da língua, ela deve ser escovada normalmente com uma escova dental e suave. Como fazer a limpeza de pontes móveis e dentaduras? As dentaduras e pontes móveis, sempre depois das refeições devem receber escovação, preferencialmente com uma escova macia, isto evitará o desgaste da prótese.

Idosos geralmente tem a boca mais seca

Nem todos os idosos diminuem a umidade natural da boca. No entanto, uma grande parcela dessa faixa etária, isto é, a partir dos 60 anos de idade, reclamam da boca seca. No caso da boca seca, pode ser devido a idade, medicamentos e problemas de saúde que levam a esta situação. Portanto, havendo este incômodo, a melhor indicação é tomar bastante água, porque com o avançar da idade, não se sabe porque, os idosos tendem a diminuir a quantidade necessária de ingestão de água diariamente. Inclusive, se não houver alguma contraindicação médica, os idosos, assim como qualquer pessoa adulta, devem ingerir em média 2 litros de água diariamente. Se a boca seca estiver ocorrendo devido a falta de ingestão de água, o problema será resolvido.

Não tenho mais dentes, preciso ir ao dentista?

A resposta para a pergunta que intitula este tópico, é sim. Independente da ausência de dentes, os idosos precisam continuar visitando o dentista no mínimo a cada 6 meses. Essas consultas são necessárias, isso, para a averiguação de possíveis lesões nas estruturas internas da boca, como gengivas, mucosas internas em geral, céu da boca e língua. Inclusive, até mesmo pessoas que ainda não chegaram na faixa dos 60 anos, mas, que, por algum motivo perderam os dentes, também devem fazer consultas regulares ao odontologista pelos mesmos motivos dos idosos.

Idosa que usa dentaduras

Idosa que usa dentaduras

Outrossim, em particular os idosos, devem prestar atenção em algum aparecimento de manchas dentro da boca com duração superior a 30 trinta dias, bem como feridas sangrando dentro da boca, aftas com duração maior que 30 dias, ínguas no pescoço e queixo. No caso das ínguas, a própria pessoa pode fazer um auto-exame, apalpando a íngua ou caroço, lembrando que estes sinais, persistindo depois do período citado logo acima, precisam ser avaliados por um profissional da saúde.