Como vencer
o maior vício
do mundo
Os usuários de drogas perdem o controle sobre
suas vidas e causam sofrimento individual e alheio.

Você pode mudar esta situação.

Clique aqui e conheça nosso livro.


Como usar as linking words em inglês

10/11/2016  |  Por Helio Matos

Tal como em língua portuguesa, em inglês faz-se necessário, nas mais variadas situações, utilizar palavras ou expressões de ligação, ou seja, palavras que têm como função dar unidade ao texto (conjunções). A falta de conhecimentos acerca das linking words pode tornar o texto desconexo, já que as partes que o compõem podem ficar aparentemente sem relação umas com as outras.

            Nosso objetivo neste artigo é trazer a vocês, leitores, as principais conjunções da língua inglesa, explicando quando e como elas podem ser utilizadas.

Linking words

Linking words

Conjunções adversativas

         As conjunções adversativas expressam ideia de oposição. Veja as mais comuns:

But – Mas

However – No entanto; entretanto

Although / Even though – Apesar de; embora

Nevertheless – Não obstante; ainda assim

Conjunções conclusivas

            Como o próprio nome sugere, as conjunções conclusivas devem ser utilizadas para fazer conclusões, geralmente para finalizar frases ou orações. Alguns exemplos de conjunções conclusivas são:

So – Então; assim

Thus – Por isso; por este motivo

Therefore – Portanto (considerado uma opção um pouco mais formal)

Then – Então

Hence – Então; logo; sendo assim

Conjunções concessivas

            As conjunções concessivas talvez sejam as que mais confundem os estudantes, tanto no que se refere à Língua Portuguesa quanto à Inglesa. Esse tipo de conjunção como função fazer concessões, ou seja, permissões. Para que fique mais claro, veja alguns exemplos de conjunções concessivas:

Even though – Embora; muito embora

Although – Embora (muito semelhante à citada anteriormente)

In spite of – Apesar de; a despeito de

Despite – Apesar de; a despeito de (essa conjunção é uma variação da anterior)

Conjunções explicativas

As conjunções explicativas são simples de serem compreendidas. Servem essencialmente para explicar ou justificar algo que foi dito anteriormente no texto. Exemplos:

Because (pode ser escrito informalmente como ‘cause) – Porque

Since – Uma vez que; já que

Exemplos de uso

Agora que você já conhece algumas das principais linking words da Língua Inglesa, leia as frases a seguir, em que essas conjunções são usadas em situações contextualizadas (exemplos para facilitar a compreensão e assimilação).

“Most of them had never seen na owl even at nighttime. Mr. Dursley, however, had a perfectly normal, owl-free morning.” – Harry Potter and the Sorcerer’s Stone, J.K. Rowling

“Atticus hadn’t said we couldn’t, therefore we could.” – To Kill a Mockingbird, Harper Lee

“In past years Mr. Jones, although a hard master, had been a capable farmer.” – Animal Farm, George Orwell

“Later in the winter of my seventeenth year, my mother decided I was depressed, presumably because I rarely left the house, spent quite a lot of time in bed, read the same book over and over, ate infrequently, and devoted quite a bit of my abundant free time to thiking about death.” – The Fault in Our Stars, John Green

“Let me see, then, what thereat is, and this mystery explore” – The Raven, Edgar Allan Poe

Observação: existem muitas outras “classes” de conjunções, tais como as de adição e as de ênfase, por exemplo. O que fizemos neste artigo foi uma síntese com as principais linking words, além de explicar o que são e como usá-las. Lembre-se de sempre aprender mais.